Friday, December 26, 2008

25/12/2008

Avalie: 
Natal. Mais um ano chegando ao fim. Este caderno e a caneta com a qual escrevo - uma BIC 4 cores - foram meus únicos presentes, ambos dados pelo Thi e pela Lu. O objetivo do caderno é criar aqui um diário de bordo das minhas viagens. Estou entusiasmada com a idéia. Faz anos que eu não escrevo no papel, um verdadeiro diário. Com essa história de blogs, internet, tudo ficou meio chato. Não existem mais diários em papel. Por que não? Eu adoro escrever, e a idéia de levar um caderno comigo para onde quer que eu vá é muito interessante, assim eu não perco nenhum detalhe, e depois posso transcrever pro meu blog. Me sinto um tanto Darwiniana fazendo isso. Pode até ser que as minhas anotações aqui sejam um pouco mais simplistas que as de Darwin, e com um caráter um tanto quanto menos científico. Mas vou tentar retratar aqui tudo o que eu encontrar de interessante, curioso, engraçado ou importante.
Uma pena que este caderno não tivesse chegado há um ano, pois 2008 certamente foi o ano das viagens. Na verdade começou em novembro de 07, em Bombinhas, SC. Depois vieram Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Ibicuí, Recife, Buenos Aires. Mas pelo menos chegou a tempo para a última viagem do ano, que ainda nem começou e já está cheia de aventuras. 
Havia prometido para a minha prima Amarílis que nós iríamos passar o reveillon juntas. Inicialmente decidimos por Teresópolis, no RJ. Comprei passagem para o Rio, e aí mudamos os planos para a Ilha Grande. O problema é que a essa altura do campeonato - menos de 15 dias pro fim do ano - não havia mais passagens. Então precisei comprar para São Sebastião (que na verdade ainda nem está comprada), e de lá ir para Angra, de onde sai a balsa até a ilha. O problema é que entre o ônibus que chega em São Sebastião e o que sai para Angra tem um intervalinho de 8 horas. Ou seja, é bem provável que a próxima vez que eu pegar nesse caderno para escrever, eu esteja na rodoviária de São Sebastião procurando o que fazer. 

1 comment:

FREDERICCO BAGGIO said...

Cá estou... tentando entrar um pouco nessa sua MALA... e no caderno novo.
Sabe que escrevo mais em papel do que no computador... há marcas (suor, erros, caligrafica) que só o papel pode carregar!

Te Amo!