Tuesday, May 19, 2009

Links bacanas

Avalie: 
Um dos nossos maiores desafios pra nossa viagem pra NYC é encontrar um hotel barato. Nós queremos reduzir custos com hospedagem pra conseguir deixar sobrar uma graninha pra torrar por lá, afinal de contas, NY é NY, e por menos consumista que a pessoa seja (como é o meu caso), você acaba gastando um buzilhão de dinheiro por lá. Principalmente porque não é uma cidade das mais baratas, e também porque o dólar não está nas suas melhores formas (embora ele esteja caindo nos últimos dias). Mas lá é o paraíso das compras.
O problema é que não existem hotéis baratos em NYC. Quer dizer, existir, até existe. Mas normalmente têem banheiro compartilhado e não tem café da manhã. Então pedi uma dica prum amigo meu (na verdade amigo do meu irmão) que mora na cidade, e ele me indicou um bed'n'breakfast que ele ficou há alguns anos, e que parece ser muito legal. O lugar chama Union Square Inn, está super bem localizado e recebe excelentes críticas em vários sites que eu já encontrei. É um hotelzinho super simples (na verdade eles nem chamam de hotel, chamam de Boutique Hotel), tem café da manhã, e como nós pretendemos ir pra lá praticamente só pra dormir e tomar banho, nem tem problema que os quartos sejam minúsculos. O banheiro também é privativo, e não compartilhado como a maioria dos hotéis baratos, e o valor cabe perfeitamente no nosso orçamento. Maravilhoso. 

Mas vamos ao que deu o título ao meu post. Estava eu falando sobre hotéis com uma amiga hoje, e ela me sugeriu dois sites bacaníssimos, que valem não somente para NY como para qualquer outro lugar do mundo. O primeiro, booking.com, permite que você procure hotéis no mundo inteiro. Você informa a cidade, a data que você quer, quantos dias vai ficar, e ele te lista uma relação de hotéis com preços, quartos disponíveis, um resumo do hotel, e alguns reviews de clientes que já passaram pelos hotéis. Você pode fazer as reservas pelo próprio site. Muito legal. 

No outro site, o tripadvisor.com, você encontra milhares de informações de todos os tipos. A começar que você tem um sistema de busca de hotéis, restaurantes, vôos, cruzeiros, e algumas outras coisas. Então por exemplo, você quer opiniões sobre um hotel específico, entra lá com o nome dele e o site te dá todas as informações. Aí você tem um link chamado "things to do". Lá você tem várias opções para escolher de atrações, como esportes, museus, entretenimento, entre outros. Você coloca a cidade que você quer e ele te lista uma série de coisas legais pra fazer na cidade. Te dá a opção, inclusive, de assinar uma newsletter semanal com as coisas mais legais que acontecem na cidade que você escolheu. Eu assinei a de NY, quem sabe aparece alguma coisa bacana pra nossa estadia? O site também tem um link que você escolhe o tipo de viagem que você gosta (de aventura, romântica, histórica, etc), e ele te dá algumas idéias de lugares pra visitar. Eu dei uma navegada bem por cima pelo site, mas ele me parece bem completo. Uma boa pedida pra quem está começando a planejar uma viagem, e não sabe direito pra onde ir, onde ficar, ou já sabe mais ou menos e ainda tem algumas dúvidas. 

Se eu encontrar mais algum link legal, volto pra contar. Se alguém tiver alguma dica, por favor grite. 

Monday, May 18, 2009

CVC

Avalie: 
Esse final de semana eu e o Ale aproveitamos um tempinho livre e folgado pra dar uma passadinha na CVC nova que abriu ali na 9 de Julho. Nunca fui muito com a cara da CVC porque eu tenho aquela imagem marcada deles de excursões gigantescas na Disney, milhares de criancinhas insandecidas, atrás de uma monitora que, com toda a paciência do mundo, tenta rebanhar toda a molecada. Mas no final das contas, a CVC não é só isso. Procurando agências que pudessem nos levar pra NY, acabei achando na CVC preços bons e uma qualidade de atendimento excelente. Chegamos na agência lá pelas 20h num sábado, horário que qualquer funcionário normal estaria querendo matar ou morrer por estar trabalhando. Fomos recebidos pelo simpaticíssimo funcionário cujo nome agora me escapa, numa loja super bonita, com equipamentos de última geração, cadeiras super confortáveis, e painéis com fotos belíssimas na parede. Fomos muito bem atendidos, e apesar de não termos fechado negócio, ficou aquela vontade de fechar com ele só pelo bom atendimento. E mesmo sem ter fechado, ele nunca deixou de nos tratar como clientes em potencial, mesmo estando vestidos de qualquer jeito, ou tendo tido qualquer outra reação que acarretaria naquele clássico "ih, esses aí não vão comprar nada, vou atender de qualquer jeito".
Aliás, bom atendimento é uma coisa que poucas empresas entenderam que realmente funcionam. Um bom treinamento pro funcionário é essencial. Você vai "gastar" um pouquinho a mais treinando o cara? Vai. Mas em compensação seu retorno vai ser garantido se seus clientes sairem de lá satisfeitos. Clientes insatisfeitos não voltam, e ainda espalham a notícia. É o pior marketing que uma empresa pode ter. 
Ao contrário disso, a CVC deixou uma excelente impressão tanto em mim quanto no Ale. Pode até ser que a gente não feche negócio com eles por questões financeiras, já que achamos um hotel barato que a agência não opera, e como estamos atrás de preço, e não de conforto, pode ser que não role. Mas fica a dica pras próximas viagens, ou até como indicação pra quem quiser viajar. Eu definitivamente indico. 

Wednesday, May 13, 2009

Destination Next

Avalie: 
Passei rapidinho só pra dizer que estamos começando a ver as coisas pra nossa próxima viagem (minha e do Ale), que será pra NY. Como queremos viajar no final do ano, e as agências demoraram pra soltar os pacotes pra essa época - provavelmente por causa da crise -, só começamos a ver agora. O que de certa forma foi bom, porque o dólar está caindo, e de repente a gente dá sorte de fechar um pacote com o dólar a um preço razoável. Espero que aconteça. 
Anyways, agora temos que começar a ver documentação, passaporte, eu ainda preciso ver umas coisas com o banco, todas essas coisas chatas burocráticas. E no final de tudo, rezar pra conseguir o visto. Porque o Ale consegue visto de trabalho pela empresa, mas eu vou ter que entrar como turista, e não tenho nada que comprove meu vinculo com o Brasil. A única coisa que comprova é meu trabalho, que é na empresa do meu pai. Hunpf, grande vínculo esse, eles devem pensar. Um fato que pesa a meu favor é de eu ter entrado no país 3 vezes, e ter voltado todas sem nenhum problema. Mas aqueles caras são doidos, então nunca se sabe. 
Agora o negócio é começar a torcer pra dar tudo certo. =)