Monday, November 23, 2009

Passe de trem pra Itália

Avalie: 
Ontem foi dia de resolver sobre os passes de trem. Pra mim foi a parte mais difícil até agora. Os trens na Europa são bastante complexos, e por sorte meu namorado já tinha alguma familiaridade com o assunto, o que não significa que não deixasse dúvida no meio do caminho.

Na Europa existem trens rápidos e trens regionais, que são mais lentos. Alguns você pode reservar no balcão, na hora da viagem. Outros, só com antecedência via internet. Para alguns, é necessário fazer reserva mediante uma taxa de 10 euros. Para outros, a reserva é facultativa, mas se você quiser fazer, paga 3 euros. Enfim, muitas variáveis. Aí ficamos sabendo através de um amigo que a compra no balcão por trens regionais sai bem mais barato do que se comprarmos pela internet. Mas para uma viagem curta como a nossa, em que o tempo é escasso, temos que economizar o tempo de viagem, e pegar trens regionais não seria um bom negócio. Então pesquisamos, pesquisamos, pesquisamos, e resolvemos comprar pela internet mesmo.

Aí vinha o segundo problema: comprar ou não o pass. Eu demorei um pouquinho pra entender como funciona a coisa, mas o Ale me explicou. Você tem duas possibilidades: ou compra o bilhete do trem individualmente por viagem (e aí você compra ou pro trem rápido ou pro regional), ou compra o pass e usa pra qualquer trem. Se você escolher o pass, você não compra por viagem, e sim por dias. Isso significa que você pode, por exemplo, comprar um bilhete que te permite fazer uma viagem de 2 dias em 1 mês. Ou seja, se você quiser usar o trem 5 vezes em um dia, e 3 vezes no outro, você pode. Mas só pode usar nesses dois dias, e no período de um mês. Como é feita a validação eu não sei, mas imagino que seja alguma tarja magnética.

Nós fizemos as contas e chegamos à conclusão de que o valor do pass (já incluidas as taxas de reserva dos trens rápidos - que é de 10 euros - e do frete - que é de 9 euros) sairia um pouquinho mais caro que a compra dos trens individuais se a gente levasse em conta que a gente vá pegar trens regionais. Mas com o pass nós temos a liberdade de pegar só trens rápidos, e pelo que nós vimos na internet, na época da nossa viagem só tem trem rápido, e aí pra comprar individualmente sairia bem mais caro. Então pra gente valeria a pena. Compramos o pass ontem, e logo deve chegar em casa.

Quem quiser saber mais a respeito, pode visitar os sites do trenitalia (nesse caso é pra trens dentro da Itália, e o site está em inglês ou italiano), e pra quem quiser saber mais sobre o passe, tem que entrar no site da Eurail (lá tem pra todos os lugares da Europa, e o site é em inglês).

Com uma fuçadinha na internet você consegue encontrar dicas de como fazer pra conseguir uns descontos generosos (de até 60%) no valor desses tickets. Eu lembro de ter lido alguma coisa no blog do Ricardo Freire, Viaje na Viagem. Muita dica boa você encontra nos comentários. Vale a pena dar uma olhada.

8 comments:

Wilson said...

Estou com a mesma dúvida. Comprei o passe de trem também pela TAM. Como foi a sua viagem? Foi fácil pegar os trem nos locais e horário certos?

thais said...

Oi, Wilson, as viagens de trem são fantásticas e super práticas. Muito mais prático do que viajar de avião. Desde que você já tenha sua passagem em mãos, você pode chegar até um minuto antes do horário de partida que vai ter seu embarque garantido. Não tem aquelas patacoadas todas de aeroporto de ter que embarcar mala, fazer check in e tudo mais. É chegar e embarcar. Só aconselho a não deixar pra última hora se você não conhecer a estação, porque muitas vezes as estações são grandes e às vezes você chega do lado oposto da plataforma do seu trem. Se você chegou em cima da hora e tem que andar até o outro lado, dançou, porque eles são super pontuais!

Não se esqueça de marcar os seus horários, caso seja esse o seu caso. A fiscalização é feita através do fiscal que viaja dentro do trem, e se você estiver com passe errado, corre o risco de ficar no meio do caminho. Para alguns trens não é necessário marcar o horário, e aí é só alegria. =)

Mas o melhor de tudo são as paisagens, que são belíssimas. Viajar de trem na Itália foi uma das melhores coisas que a gente fez.

Boa sorte e boa viagem.

Amarílis said...

Thaís, estou com dúvidas mil aqui!! Defini o roteiro Roma-Florença-Bologna-Verona, pra passar de 2 a 3 noites. Mas como chegar nessas cidades? Estou quase optando pelo Eurail Italy Pass 6 dias em 2 meses mas será que serve pra qlqr trem? Ou dps terei surpresas e terei que comprar de novo pelo Italy Rail Travel?

Me help!!!

Simone said...

Olá...estou com dificuldades para compras os passes de trens regionais, especificamente de Milão para Bergamo.

thais said...

Oi, Simone, as passagens para os trens regionais podem ser comprados lá na hora, se você quiser. Existem máquinas na própria estação que vendem os tickets, ou você pode comprar nos guichês. Me lembro de ter comprado tickets de Florença pra Siena minutos antes da viagem (literalmente minutos, quase perdemos o trem), e foi bem tranquilo.
Mas qual está sendo a sua dificuldade pela internet?

Amarílis said...

Oi Simone, concordo com a Thaís. Vale a pena comprar pela internet apenas o Eurail Pass, que dá direito a viajar Eurostar (os trens são melhores). Se o seu caso for apenas os passes regionais, sugiro vc comprar diretamente no guichê, já que esses trens muito raramente lotam, seja qual for a época do ano.

Monica Vicentini said...

Oi, encontrei seu blog e resolvi tirar uma dúvida. Também cheguei à conclusão de que o Eurail pass é mais caro. MAs se eu deixar pra comprar no guichê, será que consigo garantir essas passagens? Não teria que comprar com antecedência. Estou com medo de deixar para a hora e não haver lugares, coisas assim. OBrigada!

thais said...

Oi, Monica, existe o risco, sim. Mas depende mais da época que você vai estar viajando. Eu, por exemplo, fui em dezembro, inverno, não tinha quase ninguém. Teve um dia que a gente viajou de 1ª classe (não é tipo 1ª classe de avião, só tem uma poltrona maior) e literalmente só tinha a gente. Mas imagino que se você for viajar numa época que seja alta estação, isso mude um pouco. E aí cabe a você saber o quanto você estaria disposta a mudar o seu planejamento caso tivesse que esperar o próximo trem. Uma dica é não deixar a viagem tão amarrada, pois se surgirem imprevistos com o trem, como ter que dormir mais uma noite na cidade ou coisas assim, você já estaria preparada.
Espero ter ajudado. =)