Tuesday, November 3, 2009

Roteiro definido (ufa!)

Avalie: 
Depois de muita pesquisa, finalmente chegamos ao roteiro da nossa viagem para a Itália. Usamos as pesquisas como uma base, mas acabamos escolhendo alguns lugares que tínhamos vontade de conhecer e que não constavam na lista de ninguém das pessoas que eu vi (como Genova), e, ao contrário, vamos deixar de lado cidades consideradas imperdíveis, como Veneza. Tanto eu como o Ale não fazemos questão de conhecer o óbvio (embora meu sonho de ir para a Itália fosse para conhecer os óbvios Coliseo e Davi, mas isso são detalhes). Não que a gente não QUEIRA (ou não vá) conhecer os lugares turísticos ou o que todo mundo diz que a gente não pode perder. Mas nós gostamos da idéia de conhecer o underground, de viver como um local, de conhecer o que nem todo mundo conhece. Por isso resolvemos deixar algumas coisas mais imperdíveis de lado, pelo menos por agora. Além do mais, vamos numa época muito fria e chuvosa, quando lugares como Veneza provavelmente não estarão TÃO deslumbrantes como no verão.

Nossa escolha para o roteiro foi:
Milão-Genova-Roma-Pompéia-Siena-Florença.

Milão todos dizem que é totalmente dispensável. Ouvi dizer que é a São Paulo da Itália. Como vamos chegar por lá, e vai ser Natal, resolvemos passar a noite por lá mesmo e ver se é tão ruim assim. Na pior das hipóteses, lá tem algumas coisinhas pra ver, umas praças, uma arquitetura aparentemente interessante (algum lugar da Itália não é?), enfim, coisa feia e entediante não deve ter.
Genova nós escolhemos por ser porto. Tem um farol lá que eu ainda não descobri se dá pra subir, mas imagino que sim. Nem pesquisamos muito sobre a cidade, não sei se é totalmente interessante ou totalmente desinteressante. Mas vamos ver o Mediterrâneo e é só isso que importa. O resto é lucro.
Roma nós escolhemos por motivos óbvios. É onde ficaremos mais tempo, e de onde faremos um bate-e-volta para Pompéia (que de acordo com as minhas pesquisas, é totalmente possível, embora cansativo). Pompéia, no início do planejamento, não estava na lista. Mas é um lugar que sempre me intrigou, e um dos poucos lugares que me marcaram nas aulas de história (sempre fui muito ruim na matéria). Já que estarei pertinho, não custa - ou custa pouco - passar por lá.
Siena quem escolheu foi o Ale. Também não sei o que tem por lá, mas muita gente passa por lá, então creio que valha a pena (algum lugar da Itália não vale?). Como era caminho pra Florença, resolvemos passar o dia em Siena quando estivermos indo pra lá, e será nosso único percurso de carro (embora seja bem mais caro alugar um carro do que andar de trem, eu decidi que eu PRECISO dirigir pelo menos um dia pelas estradas italianas).
Florença também escolhemos por motivos óbvios. Também escolhemos esse lugar para passar a virada para o ano 2010, já que todas as referências que eu encontrei de pessoas que passaram o reveillon na Itália, passaram em Florença. Se lá é melhor ou pior do que Roma, eu não sei. O que importa é que é Reveillon, e fogos são fogos em qualquer lugar do mundo (pra mim Reveillon é sempre igual. Foi igual em Itanhaém, em Copacabana e na Ilha Grande. Então em Florença e em Roma eu ia achar a mesma coisa também). O importante é que estarei na Itália e com o Ale.

Será uma viagem bem corrida, mas acho que valerá a pena esse cansaço. Ontem já reservamos quase todos os hotéis (falta só Genova), conseguimos preços bons em todos (comparado com o que íamos gastar em NY). Sobre a qualidade deles, só poderei contar na minha volta.

Já comecei minha contagem regressiva. Só faltam 50 dias. São menos de 2 meses!

Edição: Nosso roteiro já mudou. Aguardem novas definições... (ó vida, ó céus!!)

No comments: