Tuesday, December 22, 2009

1 dia!

Avalie: 
Amanhã embarco pra Itália. O voo é só no final da noite, mas com o trânsito e as chuvas de São Paulo, precisamos sair de casa com bastante antecedência, nem que a gente fique bastante tempo esperando no aeroporto. Mas pra isso estou levando meu livro (Anjos e Demônios, do Dan Brown), e irei ler enquanto espero o avião.

A mala já está arrumada. Minha maior preocupação para fazer essa mala foi, além do frio que está fazendo na Europa (alguém viu o noticiário esses dias? Europa está o caos), é por causa da chuva. Não há nada pior do que ficar como roupa molhada. Ou, pior, tênis molhado. Meu tênis é especial pra neve, mas não pra chuva. Tudo bem que ajuda a proteger, mas se enxarcar, demora pra secar. Pode ser um problema.

Apesar do monte de casaco, cachecol, luva, milhões de meias e meia-calças de lã, blusas, chapéus, e outras coisas mais, consegui fazer uma mala bem tranquila. Não está super vazia, mas bem mais vazia do que eu esperava que ficasse. Talvez seja reflexo da arrumação que eu fiz seguindo as minhas próprias recomendações daqui do blog (confesso que nunca tinha feito uma mala daquele jeito). Se foi por causa disso, funcionou!

Provavelmente não vou postar nada durante a viagem, mas quando eu voltar, atualizo tudo com fotos e vídeos. Até a volta.

Monday, December 21, 2009

Seguro Saúde

Avalie: 
Já dizia o velho ditado que o seguro morreu de velho. Jamais faça uma viagem pra fora do seu país sem fazer um seguro saúde. Afinal de contas, acidentes são acidentes porque você nunca sabe quando vão acontecer. Meu namorado já usou o seguro dele no México quando quebrou o pé. Muito útil nesse caso. Mas o seguro também pode ser útil para casos como extravio de bagagem, demora na chegada da bagagem ou, obviamente, coisas mais sérias como envio de um parente ao seu destino caso você morra. É, pode acontecer.

O seguro é muito fácil de se obter, qualquer agência faz e pode ser feito até um dia antes da sua viagem (talvez até no mesmo dia, não sei). Mas os preços variam muito, já as condições são bem parecidas. Cotei em 4 lugares: na CVC, na GTA, na Americanas e na Due Turismo, que foi a agência por onde viajei pra Buenos Aires em 2008. Eu ia ver no Submarino também, mas ele e a Americanas usam a mesma agência, e como eu não estava conseguindo acessar o site e nem falar pelo telefone, assumi que o preço fosse o mesmo ou muito parecido.
Os valores para os 11 dias de viagem (vou ficar só 10 lá, mas o seguro conta da hora que você sai até a hora que você pousa de volta) ficaram os seguintes:

GTA: R$ 110,40
Due Turismo: R$ 123,37
Americanas: R$ 139,98
CVC: R$ 221,70

Na GTA eu não achei como comprar pela internet. As condições da Due turismo estavam um pouco melhores que a GTA, e estava fácil de fazer tudo por email. Então resolvi fechar com eles mesmo. Resolvi o problema em 15 minutos.

Agora não falta mais nada. Só arrumar a mala, e se preparar pro frio que está fazendo lá na Europa. Hoje saiu no jornal que os trens da Eurostar estão fora de circulação (são aqueles trens mais rápidos) por causa do frio e da neve. Brrrrr

Wednesday, December 16, 2009

1 semana pra Itália

Avalie: 
Estamos a 7 dias da grande viagem. Agora faltam os últimos acertos, como, por exemplo, ver se as roupas do último inverno ainda estão servindo (ouch!). Frio, aliás, é uma coisa a se considerar quando estivermos lá.
De acordo com o site Climatempo, a temperatura hoje está variando entre 3ºC e -4ºC em Milão. Já comprei meia calça de acrílico (nem sabia que isso existia, mas é tipo de lã) fio 80, e uma segunda pele pra botar debaixo da blusa que é do mesmo material da meia calça normal. Parece ser bem quentinho e confortável.
Casaco eu peguei um emprestado de uma amiga, e pretendo comprar um lá. Esse tipo de coisa é sempre bom comprar no lugar, porque os que tem aqui nunca serão quentes o suficiente.
Tênis quente eu tenho de quando fiz intercâmbio, comprei um especial pra neve, forrado por dentro. É essencial pra manter o pé numa temperatura confortável. Também comprei lá, porque aqui, se existir, é difícil de achar (além de ser caro).

Fora isso, as únicas coisas que faltam são fazer o seguro e comprar os últimos Euros. O seguro dá pra fazer numa agência perto da casa do Ale, que eu nem sei o nome. Disso quem vai cuidar é ele. Quanto aos euros, descobrimos uma casa de câmbio que tem no aeroporto que tem uma cotação boa (ontem estava a R$ 2,73), e não é preciso reservar. Essa casa de câmbio se chama Action, e o telefone do aeroporto é 2445.3234. Existem diversas filiais dela em várias partes do país. No site tem todas.

Nosso único (grande) problema nesse momento é que o Ale pegou uma infecção de garganta que parece não querer ir embora. Nesse momento ele está no médico pela segunda vez. Espero que até o fim da semana ele já esteja melhor, senão fica difícil até de arrumar as coisas. Já pensou viajar doente? Ou ter que cancelar tudo? Ai ai ai. Toc toc toc!!