Monday, March 29, 2010

Monte Alegre do Sul no carnaval - dia 03

Avalie: 
Pro nosso terceiro dia de carnaval havíamos planejado uma ida a Socorro, para visitar o Parque dos Sonhos. Eu já tinha ido nesse parque há alguns anos exclusivamente pra pular da maior tiroleza que tem lá (e até onde eu sei, é a maior que existe por aí), que tem 1km de comprimento e é muito alta. Fiz esse vídeo de qualidade muito ruim, mas que dá pra ter uma ligeira ideia do tamanho da brincadeira (não dá pra me ver o tempo todo no vídeo por causa da qualidade, mas durante o vídeo todo eu ainda estava escorregando no fio. Mais de 1 min de queda).



O Parque dos Sonhos cumpre o que o nome promete. É um terreno gigante cheio de opções de esportes radicais. Tem tiroleza, arvorismo, rafting, canoagem, trilhas, passeio de jeep, e mais tantas outras coisas. Você paga pra entrar e paga tudo o que consumir lá dentro (entende-se passeios e/ou comida). A entrada só te dá direito a usar a cachoeira e as trilhas. O valor hoje é de R$ 10 pra entrar, e a maioria das atrações está na faixa de R$ 30 a R$ 40, o que é bem mais em conta do que os outros lugares que passamos procurando pra fazer canoagem (estavam todos R$ 80, mas provavelmente o preço estava mais alto por causa do carnaval).

Eu lembrava que o Parque era legal e que deveríamos reservar o dia inteiro pra ficar por lá. Mas eu não contava com 2 coisas: a primeira era a distância, que eu não lembrava que era tão grande e em uma estrada de terra tão ruim. O meu carrinho, coitado, tá todo barulhento até hoje depois daquela viagem insana. São 7km de estrada de terra depois de uma estradinha safada cheia de curva e nenhuma sinalização (embora estivessem arrumando ela quando passamos) que fizemos em mais de 1 hora. Se você não sente amor pelo seu carro pode ser que consiga fazer em menos tempo (ou se você tem um carro próprio pra isso, o que seria bem inteligente).

A segunda era a superlotação. Eu imaginei que estivesse meio cheio por causa do carnaval, mas não imaginei que TODOS os esportes de água estivessem lotados. Esses esportes têm que ser marcados com antecedência, e como chegamos lá num horário não muito cedo, acabamos ficando sem opções. Tiroleza eu já tinha feito e não queria fazer de novo, e o resto não me interessava. Nos restou ficar tomando sol na cachoeira (que não é lá muito bacana) e fazendo as trilhas. Na verdade o Parque dos Sonhos é mais ou menos a Disneylândia do Ecoturismo. Tudo é bem sinalizado e você sabe muito bem pra onde está indo. A trilha tem corrimão de madeira pra demarcar o caminho. Por mais que isso seja legal pra preservar o ambiente e fazer ninguém se perder lá dentro, faz perder um pouco da graça e da emoção de se fazer uma trilha.
A conclusão é que o passeio não foi tão legal quanto esperávamos, embora tenha sido proveitoso. O Ale não conhecia o parque, o que foi um ponto positivo. Decidimos ir embora um pouco depois do almoço (aliás, lá tem lanchonete e restaurante, o almoço estava custando R$ 18 pra comer o quanto quisesse), quando começou a aparecer umas nuvens de aparência duvidosa e ficamos com medo de pegar aquela estrada de terra na chuva. Seria atolamento na certa.

Voltamos pra pousada e passamos o resto do dia na piscina. À noite fomos pro centro ver o famoso bloco do Nheco vai, Nheco fica. Parece que eles desfilam todo ano. São palhaços que levam toda uma parafernalha pra "avenida" e ficam brincando com o público enquanto desfilam. É muito divertido se você conseguir um lugar perto deles, porque participa da bagunça. A gente ganhou pirulito, adesivo, apito. Até camisinha eles distribuiram. Só que pelo fato deles ficarem brincando com o público, o desfile deles dura mais ou menos 2 horas. Ou seja, se você está no final da "avenida", senta e chora. A gente pegou eles logo no comecinho e quase não aguentou esperar. Mas valeu a pena. Obviamente depois que eles passaram por onde estávamos, fomos embora. Estávamos os dois exaustos e mortos de fome.

Achamos a Pizzaria do Mané, que tínhamos tentado achar no dia anterior, sem sucesso. Ela fica um pouquinho fora do centro, mas muito fácil de encontrar. A pizza deles é muito boa, e o atendimento idem. Foi uma boa forma de fechar o carnaval.

PS.: Fotos, por enquanto, só aqui.

No comments: